Espanhol Português

O CaixaBank inicia a emissão progressiva de todos os seus cartões com materiais reciclados a partir de 2021. A entidade liderada por Gonzalo Gortázar, que, através da sua subsidiária CaixaBank Payments & Consumer, lidera o setor dos media de pagamentos em Espanha, com um parque de mais de 18,8 milhões de cartões emitidos, vai deixar de usar plástico no fabrico dos meios físicos e substituí-lo por materiais com menos impacto ambiental, origem reciclada (PVC-R) ou biodegradável (PLA).

Dado o elevado volume de cartões do CaixaBank e a vasta gama de modalidades e marcas, a substituição de materiais será realizada progressivamente. Estima-se que, ao longo de 2021, 85% dos novos cartões serão emitidos com materiais sustentáveis. Até ao final do ano, o número de cartões CaixaBank com os novos materiais poderá atingir, previsivelmente, cinco milhões de unidades em circulação.

Desta forma, o CaixaBank tornar-se-á a primeira instituição financeira em Espanha e um dos primeiros bancos do mundo a emitir os seus cartões em materiais alternativos com menos impacto no ambiente.

 

NOVOS MATERIAIS COM MENOS IMPACTO AMBIENTAL E GARANTIA DE DURAÇÃO

O material que o CaixaBank vai utilizar para a maioria dos cartões será PVC reciclado (PVC-R), a alternativa ao plástico com menor pegada de carbono e feito a partir de materiais reciclados, de fontes como resíduos da indústria da construção, reciclagem de sacos de plástico ou resíduos de outros cartões, entre outros. Além disso, para certas modalidades, o CaixaBank utilizará o PLA, um material de origem biológica para evitar o uso de recursos fósseis e é biodegradável. Em ambos os casos, os materiais, além de reduzirem o impacto ambiental no plástico, garantem uma vida útil de um cartão de cinco anos ou ainda mais.

Por outro lado, as técnicas de impressão de nomes de clientes e os dados do cartão também evoluirão para reduzir o impacto ambiental. Atualmente, o CaixaBank já apenas personaliza um dos dois lados do cartão (a parte de trás) e começou a usar a impressão a laser em vez de tintas, o que não só gera menos desperdício, como também aumenta o comprimento do cartão.

Além disso, a entidade já tem um circuito de reciclagem para todos os cartões caducados ou precotados. Quando, no final da vida útil do cartão, o cliente o entrega ao seu escritório, o CaixaBank lança um processo através do qual o material pode ser recuperado e dado uma nova aplicação.

 

ENTIDADE PIONEIRA NO FABRICO DE CARTÕES COM MATERIAIS SUSTENTÁVEIS

Com a decisão de se mover exclusivamente com materiais reciclados e biodegradáveis, o CaixaBank completa um processo que começou em 2019, com a introdução, pela primeira vez em Espanha, de cartões feitos de materiais sustentáveis. Como primeiro passo, toda a gama de cartões-presente da entidade (cerca de 150.000 unidades por ano) foi feita com um material biodegradável (ácido poliláctico, a partir de amido de milho), permitindo a sua eliminação sem resíduos no final da sua vida útil (máximo de dois anos, já que são cartões-presente).

Em agosto de 2020, o CaixaBank lançou o cartão Visa & Pay reciclado, o primeiro cartão comercializado em Espanha cujo suporte é feito de material 100% reciclado (neste caso PVC-R). Atualmente, já existem 125.000 Visa & Pay reciclados em circulação.

A decisão do CaixaBank de avançar para a emissão de toda a sua gama de cartões com materiais mais sustentáveis ajudará a reduzir a pegada de carbono. De acordo com os dados técnicos, menos 45% de água é consumida na produção de um cartão PVC-R e 15% menos CO2 é emitido do que no mesmo processo realizado com um cartão de plástico.

 

COMPROMISSO COM O AMBIENTE

O CaixaBank é uma das principais entidades mundiais em ação para mitigar os efeitos das alterações climáticas. A entidade, incluída no índice CDP (Carbon Disclosure Project) como referência global nas estratégias e políticas de alterações climáticas, defende que a sustentabilidade deve ser integrada no modelo de negócio das organizações. Por esta razão, a estratégia ambiental constitui um dos cinco eixos do Plano Bancário Socialmente Responsável.

O CaixaBank está empenhado em respeitar a sustentabilidade para além das suas obrigações legais e tem a variável ambiental integrada na sua atividade empresarial. Consequentemente, o CaixaBank adere aos princípios equatorianos e, além disso, no seu quadro de gestão de riscos, tem em conta o impacto ambiental. A instituição financeira está também empenhada no cumprimento dos Acordos de Paris.

Do ponto de vista da gestão de impacto ambiental, o CaixaBank dispõe de um Plano específico de Gestão Ambiental 2019-2021 que inclui, entre outros, medidas de eficiência energética e redução de consumo e o alargamento do compromisso ambiental com a cadeia de valor. Graças a uma política ativa de controlo de emissões, o CaixaBank conseguiu reduzi-los em 85 desde 2009.

O CaixaBank tornou-se também o único banco espanhol cotado que compensa todas as emissões de gases com efeito de estufa geradas e calculadas na sua pegada de carbono, tornando-se uma entidade “neutra em carbono”. Por exemplo, em agosto de 2020, o CaixaBank anunciou o seu apoio a um projeto no Brasil para proteger hectares de floresta amazónica no Estado do Pará como compensação pelas emissões da sua atividade em 2019.

O banco foi a primeira organização espanhola na lista RE100, uma iniciativa que visa aumentar a procura e o fornecimento de energia limpa. Por outro lado, faz parte do Grupo espanhol de Crescimento Verde, que defende o crescimento económico ligado a uma economia de baixo carbono.

A entidade juntou-se ainda ao Compromisso Coletivo das Nações Unidas para a Ação Climática, uma declaração criada sob os princípios da Banca Responsável para o setor financeiro mobilizar os seus produtos, serviços e relações para facilitar a transição económica para um modelo sustentável. O compromisso visa alinhar as carteiras de instituições financeiras em todo o mundo para financiar uma economia de baixo carbono, com o objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos dois graus Celsius.

 

SOBRE PAGAMENTOS E CONSUMIDORES DO CAIXABANK

O CaixaBank Payments & Consumer, uma subsidiária a 100% do CaixaBank, é a entidade líder no financiamento ao consumo e meios de pagamento em Espanha, em resultado do sindicato dos Pagamentos CaixaBank, CaixaBank Consumer Finance, PromoCaixa e outras 20 subsidiárias.

A empresa, presidida por Juan Antonio Alcaraz, CEO do CaixaBank, cujo CEO é Juan Gandarias, gere um crédito vivo de cerca de 8,3 mil milhões de euros e é a entidade líder no pagamento de cartões, com um parque de 20,4 milhões de unidades comercializadas adicionando Espanha e Portugal e uma taxa de faturação de 23,3% nas compras e 24,1% através de POS nas lojas.

A empresa tem como missão desenvolver soluções para oferecer a melhor experiência de pagamento e facilitar o financiamento de ilusões e projetos de clientes, de forma simples, ágil e responsável, através de canais próprios e acordos com grandes distribuidores comerciais.

O CaixaBank Payments & Consumer tem mais de 15 milhões de clientes entre Espanha e Portugal. À vocação internacional temos de acrescentar o trabalho para acelerar a transformação digital e as capacidades tecnológicas da empresa, bem como o seu próprio plano ambiental que visa reduzir o impacto da sua atividade.