Espanhol Português

A ação solidária ‘Ningún Hogar sin Alimentos’, promovida pela Fundação “la Caixa” e pela CaixaBank, já angariou um milhão de euros em apenas um mês. Estima-se que o número de pedidos individuais de ajuda alimentar e de ajuda suportável a instituições de caridade e bancos alimentares tenha aumentado quatro vezes. Devido a esta crescente procura, e à boa receção da ação solidária, a Fundação “la Caixa” decidiu duplicar a contribuição atual com mais um milhão de euros.

Este valor irá, para já, somar um total de dois milhões de euros, que serão distribuídos pelos 54 Bancos Alimentares associados à Federação Espanhola de Bancos Alimentares (FESBAL). O objetivo da campanha para os bancos alimentares é responder excepcionalmente à emergência social decorrente da crise da saúde, bem como responder à procura normalmente satisfeita através das suas campanhas presenciais, que foram afetadas pela situação atual.

“Neste momento, a nossa maior responsabilidade é tentar manter ninguém para trás. E, neste momento da emergência social e sanitária, temos de todos assegurar que as famílias mais vulneráveis tenham as suas necessidades básicas satisfeitas. Por isso, queremos duplicar a resposta exemplar e generosa dos cidadãos e incentivar a sua colaboração e vamos contribuir com mais um milhão de euros”, explicou o presidente da Fundação Bancária “la Caixa”, Isidro Fainé.

Até agora, mais de 16.000 doadores já aderiram à causa, fazendo um contributo económico através dos canais operacionais do CaixaBank, pelo Bizum, no número 38014; envio de um SMS com a palavra “ALIMENTOS” para 38014 o na website www.ningunhogarsinalimentos.org, onde a campanha ainda está aberta.