Espanhol Português

De acordo com o Observatório de Informação do Sector DBK, o volume de negócios decorrente do aluguel e gestão de vagas, em Portugal e Espanha, alcançou 1.236 milhões de euros em 2019, registando um aumento de 3,9% comparando com o ano anterior e mantendo a progressão ascendente dos negócios iniciada em 2015.

89% da facturação total corresponde ao mercado espanhol, que experimentou um aumento de 3,5%, até situar-se em 1.097 milhões de euros. Por sua vez, o mercado português aumentou 6,9%, alcançando os 139 milhões.

O volume de negócio associado ao aluguer de espaços de estacionamento em estrutura contabilizou um crescimento de 4,7%, até situar-se em 893 milhões de euros, enquanto o do gerenciamento de locais em áreas regulamentadas na superfície totalizou 343 milhões, 1,8% a mais, informaram em um comunicado à imprensa.

Ao longo do ano passado, foi “notável expansão do negócio de geraciamento de vagas de estacionamento regulamentadas em Portugal nos últimos anos, especialmente na cidade de Lisboa”.

No conjunto, considerando tanto em estacionamentos estruturados como áreas regulamentadas, as quase 1.000 empresas e grupos de empresas que operam no setor exploraram um total de 1.820.000 vagas em 2019, 1.500.000 localizadas em Espanha e as restantes 320.000 em Portugal .

Os cinco primeiros operadores reuniram em 2019 uma participação conjunta no mercado ibérico de 52%. As numerosas operações de compras realizadas por grandes grupos do sector alimentaram a tendência de concentração da oferta.

As empresas do sector sofreram em 2020 uma notável redução das suas receitas devido a queda das viagens de carro causadas pela pandemia do COVID-19, esperando um impacto maior em Espanha do que em Portugal.