Espanhol Português

A Comissão Europeia afirmou que nem Portugal nem Espanha comunicaram quaisquer questões com impacto sobre a gestão das suas águas, uma possibilidade prevista no artigo 12 da Diretiva Quadro da Água, foi hoje anunciado.

No documento a que a agência Lusa teve acesso, a Comissão Europeia responde aos eurodeputados portugueses José Gusmão e Marisa Matias, no âmbito de uma pergunta com pedido de resposta por escrito, sobre o incumprimento da Convenção de Albufeira por parte de Espanha.

Em resposta, Virginijus Sinkevicius, em nome da Comissão Europeia, explicou que, com base na avaliação dos segundos planos de gestão das bacias hidrográficas, a Comissão formulou recomendações aos Estados-Membros com vista a melhorarem a aplicação da Diretiva-Quadro da Água.

“Importa sublinhar que o artigo 12 da diretiva prevê a possibilidade de um Estado-Membro comunicar à Comissão quaisquer questões que tenham impacto sobre a gestão das suas águas, mas que este não possa resolver. Nesse caso, a Comissão responderá à questão levantada pelo Estado-Membro. Até agora, nem Portugal nem a Espanha utilizaram a possibilidade prevista no artigo 12”, sublinha a Comissão Europeia.

“A Comissão tem igualmente conhecimento da Convenção de Albufeira entre Espanha e Portugal e do processo de planeamento conjunto que teve lugar para a preparação dos segundos planos de gestão das bacias hidrográficas. De acordo com ambos os países, apesar da seca e da irregularidade dos volumes libertados, a Convenção foi respeitada”, conclui.