Portugal inicia a presidência europeia ao som da música

O CCB recebeu o primeiro concerto de um longo programa que pretende dar a conhecer a cultura portuguesa a Europa

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Centro Cultural de Belém (CCB), criado durante a primeira presidência portuguesa da União Europeia, recebeu o concerto inaugural de mais uma liderança lusa. Depois dos governos de Cavaco Silva, António Guterres e José Sócrates terem assumido o leme europeu, durante o primeiro semestre de 2021 o objectivo é relançar as fragilidades economias europeias após o tombo provocado pela crise da Covid-19.

Após a reunião entre António Costa e Charles Michel, onde foi anunciado que a autorização para a vacina da Moderna pode estar por horas, o foco virou-se para o palco de uma das principais salas de espectáculos do país. Perante a assistência presencial de vários dos membros do governo e transmitido em directo pela RTP, a Orquestra Sinfónica Portuguesa deu o início a um vasto programa cultural que vai durar seis meses e vai apresentar uma mostra de cinema, teatro e artes plásticas. O objectivo é mostrar a cultura portuguesa aos restantes companheiros europeus.

Sob a direcção da Maestrina Joana Carneiro (a primeira portuguesa a dirigir uma orquestra), a música clássica caminhou durante uma hora ao lado do fado. As luzes apagaram-se, o silêncio imperou e o fado foi ouvido. Em representação da música património da humanidade, Sara Correia, Carminho, Ana Moura, Camané e a guitarrista Marta Pereira da Costa cantaram alguns dos temas mais conhecidos do repertório nacional. Os momentos altos deste espectáculo foram as homenagens feitas a Carlos do Carmo (que foi um dos grandes impulsionadores do Museu do Fado) e ao centenário de Amália Rodrigues.

Noticias Relacionadas

Como chegámos a uma «Tempestade Perfeita»?

O que é uma «Tempestade Perfeita»? Normalmente quando utilizamos esta expressão estamos a descrever um fenómeno meteorológico que foi criado graças a confluência de vários