Espanhol Português

O Ministro da Cultura e Desporto, José Manuel Rodríguez Uribes, inaugurou, em conjunto com a ministra da Cultura portuguesa, Graça Fonseca, a exposição “Ídolos: Olhares milenares”, que pode ser vista no Museu Nacional de Arqueologia de Lisboa.

A recente reabertura do museu há uns dias foi qualificada por Rodriguez Uribes como uma grande alegria e motivo de celebração “num tempo em que os especialistas qualificam já como pós-pandemia”.

Frutífera colaboração

Rodríguez Uribes também destacou na sua intervenção que a colaboração entre Espanha e Portugal “sempre foi frutífera e intensa”, assinalando “o alinhamento dos planos de recuperação” organizados pelo Presidente Sánchez e pelo Primeiro-Ministro Costa junto do Fundo Europeu de Recuperação.

No que respeita à colaboração institucional no domínio da cultura, o Ministro da Cultura e do Desporto sublinhou que “coordenámos as diversas actividades para as Comemorações do V Centenário da primeira volta ao mundo de Magalhães e Elcano”, para além de destaque para o programa de cooperação cultural “Mostra Espanha” e o Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura.

Também manifestou o desejo de poder “definir novos canais de cooperação, desde a organização de exposições, aos intercâmbios e projectos de maior dimensão, também no domínio do livro, do audiovisual e das restantes indústrias culturais”. E destacou o Plano “Espanha, Pólo Audiovisual da Europa”, enquadrando-o numa área estratégica para os dois países.

O responsável pela Cultura e Desportos de Espanha recordou as medidas que foram adoptadas em Espanha para proteger o sector em tempos de pandemia e o seu compromisso com a cultura aberta depois de terminado o primeiro estado de alarme. Isto “sempre sob as recomendações das autoridades sanitárias e os seus protocolos “.

Salientou que, pela primeira vez, houve um “acesso extraordinário ao subsídio de desemprego para os trabalhadores culturais, tendo em conta a intermitência do trabalho”, a multiplicação das medidas fiscais e financeiras e a aprovação de novas regras dirigidas aos grupos profissionais mais desfavorecidos.

Também fez referência ao desenvolvimento do Estatuto do Artista. “Conseguimos avanços significativos, aprovando uma reivindicação histórica do sector, como é a compatibilidade das pensões com o recebimento de rendimentos de direitos de propriedade intelectual”. Isto sem esquecer “o acesso extraordinário ao seguro-desemprego para artistas em apresentações públicas”.

“Ídolos: Olhares milenares”

A exposição “Ídolos: Olhares milenares”, organizada pelo Museu Arqueológico de Alicante e pelo Museu de Arqueologia Regional de Madrid, reúne 226 peças de mais de 22 museus de Espanha e Portugal. Esta é uma coleção de imagens antropomórficas que são interpretadas como uma referência à grande Deusa Mãe Oriental e que aproximam o visitante das sociedades que as geraram e que as utilizaram para manter a ordem social, invocando a linhagem e os ancestrais.