FEST vai estar dividido por três cidades portuguesas e tem foco na cineasta catalã Isabel Coixet

O Festival Novos Realizadores, Novo Cinema, vai decorrer em Outubro nas cidades de Espinho, Lisboa e Porto

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Depois de em 2020 o FEST ter decorrido especialmente online e na modalidade de «drive-in», a 17.ª edição do Festival Novos Realizadores, Novo Cinema, vai voltar a decorrer num formato presencial. Este certame vai decorrer de 4 a 11 de Outubro em Espinho, Lisboa e no Porto e vai focar-se no trabalho da cineasta catalã Isabel Coixet.

Do programa do FEST destacam-se, para além das transmissões online, as habituais «masterclasses» com inúmeros profissionais de renome mundial na área do audiovisual. Também vai decorrer o FEST – Pitching Fórum, que permite que cineastas apresentem as suas ideias a produtores, financiadores, gestores de fundos e investidores de topo, e uma competição que irá distinguir a melhor longa-metragem, a melhor «curta», a melhor obra portuguesa, novos valores e o melhor filme para o público infantojuvenil.

O foco do FEST 2021 vai ser a cineasta catalã Isabel Coixet, fundadora e presidente honorária da EWA – European Women`s Audiovisual Network. A cineasta, que é formada em história e tem um passado na área da publicidade, é descrita pela direcção do festival como «uma pioneira na luta pela paridade de género na indústria cinematográfica». A catalã, de 61 anos, ao longo da sua carreira ganhou o Prémio Nacional de Cine e Audiovisual da Catalunha e o Goya para melhor realizador (em duas ocasiões). Os filmes «No Es Tan Fria Siberia» (2016), «Ninguém Quer a Noite » (2015), «A Livraria» (2017), «Ayer No Termina Nunca» (2013), «Learning to Drive» (2014), «A Minha Vida Sem Mim» (2003), «A Vida Secreta das Palavras» (2005) e «Elegia» (2008) vão ser exibidos durante o certame.

Noticias Relacionadas

Deja un comentario