Espanhol Português

A Gigas adquiriu a ONI, operadora portuguesa líder das telecomunicações especializadas para empresas, por 40 milhões de euros e o controlo de 100% do capital social.

A companhia espanhola, que é especializada em serviços de cloud computing, com esta aquisição pretende reforçar a sua presença em Portugal, onde se encontra desde 2019 depois de terem comprado a AHP (fornecedor de serviços cloud).

Com esta conjugação de serviços, a multinacional espanhola passa a oferecer uma oferta integrada de serviços convergentes de cloud, telecomunicações e cibersegurança destinados a empresas. A Gigas está em processo para adquirir uma carteira de clientes empresariais de telecomunicações em Espanha.

«Com a aquisição da Oni, a Gigas inicia a sua nova fase de se tornar um operador relevante no mercado de serviços convergentes de telecomunicações, cloud e segurança para empresas da Península Ibérica, reforça a sua oferta de produtos para ser um fornecedor abrangente (one stop shop) às empresas», pode ser lido num comunicado emitido pela Gigas.

A ONI (que fazia parte da Cabonitel, que também detém a NOWO) oferece os seus serviços a cerca de 1.100 grandes e médias empresas, têm dois centros de dados próprios (Lisboa e Porto), redes de fibra metropolitanas em Portugal e uma rede de fibra que liga Madrid a Lisboa e ao Porto. A Gigas fará um primeiro investimento na operadora portuguesa de 17 milhões de euros.

No fim de 2020, a ONI vai ter receitas estimadas de 37,3 milhões de euros. Já a Gigas vai ter receitas que perfazem os 50 milhões de euros.