Intercompreensão espanhol-português: o novo curso do EL TRAPÉZIO

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O EL TRAPÉZIO vai lançar, brevemente, o primeiro curso específico de intercompreensão espanhol-português, que estará acessível gratuitamente no canal do YouTube.

Com uma base semelhante, os dois idiomas ibéricos apresentam de maneira natural um alto nível de compreensão mútua e que leva ao desenvolvimento de um curso que favoreça essa compreensão. O formato que vai ser utilizado é o de 12 aulas, de 30 a 40 minutos, gravadas previamente.

O espanhol e o português são os únicos idiomas internacionais que apresentam um bom nível de compreensão. Os dois idiomas ibéricos somam 700 milhões de falantes, só como idioma materno. Só que esta compreensão mútua não é completa e precisa de ser reforçada. Com o treino necessário pode ser muito melhorado.

O curso inclui algumas das recomendações feitas na recente publicação do Instituto Cervantes e do Instituto Camões “A projeção internacional do espanhol e do português”. Esta publicação refere-se à importância da intercompressão, especificamente no capítulo sobre como promover um espaço de proximidade entre espanhóis e portugueses, de Rebeca Gutiérrez Rivilla (Instituto Cervantes) e Luís Antero Reto (CEI – Centro de Estudos Internacionais, ISCTE-IUL), você pode ler que:

“O factor determinante não é tanto conhecer profundamente e falar a língua do outro sem erros, como era a norma nos paradigmas anteriores do estudo de línguas estrangeiras, mas, acima de tudo, ser capaz de comunicar e compreender a língua do outro”.

Em relação ao valor económico que a intercompreensão gera, diz-se:

“É interessante notar que esta proximidade geográfica, linguística e cultural entre as comunidades de língua espanhola e portuguesa também permite aumentar a interdependência económica”

É de resaltar igualmente a Conferência Internacional sobre as línguas portuguesa e espanhola, que aconteceu em Novembro de 2019 em Lisboa e foi organizada pela OEI (Organização de Estados Ibero-americanos). Nesta organização debateu-se e deu-se valor a todos os aspectos do espaço linguístico hispano-luso.

As instituições puseram relevo no grande valor estratégico da intercompreensão. Só que estão a ser colocadas em prática poucas acções concretas para fomenta-la. De modo a avançar nesta intercompreensão, o EL TRAPÉZIO vai lançar este novo curso.

A direção e apresentação estará a cargo do professor universitário Sérgio Massucci, brasileiro residente em Madrid desde o ano de 2007, doutor pela Universidade Complutense, com larga experiência como professor universitário e redator em empresas de comunicação. Um professor com grande capacidade comunicativa, perfeccionista e conhecedor da matéria.

A necessidade de trabalhar a compreensão encontra-se principalmente dos falantes de espanhol e entre os idiomas produz-se uma compreensão assimétrica. Os falantes de português entendem melhor o espanhol do que o contrário. Este fenómeno é produzido porque todos os sons do castelhano estão presentes no idioma português mas existe uma quantidade significativa dos sons do português que não são utilizados no espanhol.

Para que os falantes do espanhol melhorem a sua compreensão do idioma de Camões é acostumar e treinar o ouvido a esses sons portugueses tão característicos, como é o caso do v, as vogais fechadas e a nasalização.

A fonética é o primeiro obstáculo mas não o único. A abordagem dos falsos amigos também é muito importante. Entre os idiomas próximos, a abundância de palavras iguais mas com um significado diferente é frequente. Vaga, trampa, espantoso, polvo são alguns exemplos de falsos amigos mas os verdadeiros amigos são muitos mais pois as línguas ibéricas compartilham 87% do léxico. Em qualquer caso não se trata de substituir a aprendizagem clássica de uma língua mas aproveitar a semelhança para promover um espaço de compreensão que pode ser motivador para o estudo completo da outra língua.

Com o lançamento deste curso, o EL TRAPÉZIO vai dar um contributo concreto e palpável ao nível linguístico, a que se junta à política de publicação de todos os conteúdos do portal de informação nas duas línguas.

O Curso de Intercompreensão é complementado por um Curso de Poesia em Português também dirigido por Sergio Massucci, e também disponível no canal de Youtube. Uma das grandes portas dessa intercompreensão é justamente a do acesso directo, sem a necessidade de tradução, à cultura. Literatura, música, cinema, televisão, em espanhol ou português, constituem um espaço cultural de enorme riqueza.

Seria bonito e enriquecedor que os falantes de espanhol em geral e os espanhóis em particular pudessem ler Pessoa ou Saramago directamente em português e que os portugueses e os resto da lusofonia fizessem o mesmo com Machado ou Camilo José Cela. Este seria um passo importante no reencontro histórico entre os povos ibéricos. Vamos a isso!

Noticias Relacionadas

Como chegámos a uma «Tempestade Perfeita»?

O que é uma «Tempestade Perfeita»? Normalmente quando utilizamos esta expressão estamos a descrever um fenómeno meteorológico que foi criado graças a confluência de vários

Deixe um comentário