Espanhol Português

Espanhóis e portugueses partilham na quarta-feira mesa e toalha na cidade costeira portuguesa de Figueira da Foz para valorizar a gastronomia mais tradicional de ambos os lados da Raia com um livro de receitas conjunta. Os ovos com farinato de Ciudad Rodrigo (Espanha), os “judiones estofados” de Valladolid ou pratos típicos da gastronomia portuguesa, como a “chanfana” de Coimbra, os ovos moles de Aveiro, as batatas de abóbora da Figueira ou a morcela da Guarda foram alguns dos protagonistas.

O Mercado de Figueira da Foz sediou na quarta-feira várias apresentações ao vivo de chefs espanhóis e portugueses que, além de mostrar os segredos de cada receita, fazem uma revisão histórica de cada prato, alguns deles ligados ao desenvolvimento da guerra compartilhado pelo territórios da Raia luso-espanhola. Um bom exemplo são ovos fritos com farinato, um prato que distingue a cidade murada de Ciudad Rodrigo (Salamanca), cujos habitantes também são conhecidos como “farinatos”.

A responsável por expor a receita na Figueira da Foz foi a cozinheira mirobrigense Leticia Martín, que mostrou sua habilidade quando se tratava de misturar ovos com farinato. É uma salsicha feita durante séculos de pão e gordura de porco que sobraram no abate, portanto, também é conhecido como o “embutido dos pobres”, uma vez que foi consumido por aqueles que não podiam dar ao luxo de comer chouriço. Também é comido em Portugal o nome de farinheira.

Para a sua promoção conjunta, a rede de cidades CENCYL (Centro de Portugal e a região espanhola de Castilla y León) publicou um livro de receitas em espanhol e português intitulada “As nossas mesas” que será distribuída nos dois países e é financiada pela Cooperação territorial entre Espanha e Portugal (POCTEP).